terça-feira, 26 de julho de 2016

Introdução Alimentar - Nossa Experiência

Semana retrasada foi um marco na vida da minha princesa, vim compartilhar com vocês a introdução alimentar da pequena! No post anterior com este tema, eu contei um pouquinho de como funciona a introdução alimentar nos bebês.
Como vocês já sabem a Nicole fica com a minha vó (bisa dela), e vocês sabem como é difícil controlar tudo de longe né? Principalmente se tratando de pitacos. Minha vó é bem controlada e segue bem o que eu falo, mas tem coisa que não dá pra controlar mesmo assim.

Nicole esta com 4 meses e toma fórmula infantil desde os 2 meses devido algumas complicações que eu tive e até mesmo se eu precisasse sair e não tinha como deixar pra ela o leite materno. Quando retornei ao trabalho não teve jeito, fórmula durante o dia e leite materno durante a noite e bem cedinho antes de sair. O pediatra já estava ciente de tudo isso, e queria que eu mantesse dessa forma e me disse que iria começar a introdução dos alimentos no quinto mês de vida dela. Minha vó, como já cuidou de todo mundo, começou sozinha.
Não quis discordar da atitude e concordei em já começar com ela, até porque não me senti ameaçada com esse tipo de coisa. Primeiro foi o cházinho de erva doce e de camomila (tudo sem açúcar, é claro), ela não gostou muito não, mas tomou mesmo assim (Nicole é uma mini draga ... hahaha). Confesso que ajudou muito com relação ao intestino, ela estava tendo crise de intestino preso e muito foi pelo fato de tomar a fórmula infantil. Tinha semana que era a base de supositório (aqueles para bebês a base de glicerina), mas com a introdução do chá no intervalo das mamadas, melhorou bastante.

Iniciamos com as frutinhas mais famosas para começar essa fase na vida dos recém nascidos, a primeira foi o mamão papaya (raspadinho com a colher e apenas um pedacinho bem pequeno da fruta). Ela adorou e fez a maior lambança, uma gracinha de ver. Comeu mamão por dois dias seguidos e para o intestino dela foi uma beleza, porém nos dias que comeu mamão de novo, fez cara feia e começou a cuspir e sentir ânsia, então o pediatra recomendou trocar para o mamão formosa. Depois foi a vez da banana prata, ela comeu e gostou também, mas infelizmente essa fruta não deu um resultado muito bom, ficou com o intestino bem preso e super ressecada, tadinha. Sofremos durante a noite com a força que ela fazia para liberar tudo, mas quando foi de manhã, papai usou uma técnica que deu certo para aliviar minha princesa (quem quiser as pequenas dicas para esse tipo de coisa, comenta que eu monto um post). Já em seguida dei as orientações para a Bisa suspender a banana, pelo menos por enquanto.
Em seguida foi a vez do suquinho de laranja lima (sem açúcar também). Ela tomou 60 ml e adorou, ficou sorrindo até. A laranja estava bem docinha e não houve nenhuma reação, como houve na banana. Experimentou também a pêra , ela é super comilona e lambia os beiços querendo mais.



Porém tivemos que parar a introdução das frutinhas, pois ela teve um pico de cólica na semana que seguiu e suspendemos tudo, só continuamos com o suco de laranja lima e o chá de camomila e erva doce. Ela não estava conseguindo evacuar e quando conseguia era devido a estimulação. Como ela toma fórmula, pensamos que podia ser isso também. Suspendemos tudo, porém minha mãe sugeriu que dessemos a ela um chá da água da ameixa seca para ajudar a evacuar até o tempo de irmo ao pediatra, funcionou! Fomos ao pediatra no sábado passado e ele passou uma listinha de coisas para ajudar no intestino e o que já podia ser introduzido na alimentação.
Estou pulando de alegria, não vejo a hora de ver ela comer de tudo! O pediatra falou para introduzir algo novo a cada 2 e 3 dias e que tudo tem efeito em 1 semana, então temos que ir com calma e observando, assim poderemos perceber se tiver alergia, se não gostar, se der qualquer reação.

Fico pensando sempre se estou fazendo do modo certo, podia ter uma fada madrinha constante do nosso lado aconselhando, não? E para vocês, como foi a primeira semana de introdução aos alimentos?

Nenhum comentário:

Postar um comentário