sexta-feira, 15 de julho de 2016

Momento desabafo: "o antes"

Estava sentada esses dias ao sol na minha cama enquanto minha princesa dormia ao meu lado e o marido não estava em casa.

Fiz uma reflexão de como mudou a minha vida. A maternidade veio cheia de mudanças e fiquei ali só refletindo, antes de tudo isso acontecer, nunca ficava sem ir ao salão de beleza, vivia com os cabelos e as unhas impecáveis, salto alto todos os dias sem nem cansar um segundo os pés e as pernas, tinha tempo para cuidar da pele e do corpo. 


Estava sempre impecável, com as roupas da moda, sapatos da moda e não saia de casa sem maquiagem. Minha vida estava em ordem, minha profissão deslanchando, minha vida acadêmica tomando forma e meus sonhos voltados a viagens em que ainda estava para realizar. Não tinha hora pra dormir, nem para levantar e muito menos para comer. Era tudo tão simples. Podia ver o que tinha vontade na TV e ficar na internet caçando as coisas sem ter pressa de nada. Podia viver a vida sem pensar em nada, sair e dançar até os pés não aguentarem mais, dirigir sem pensar e parar em um lugar para descansar, viajar para qualquer lugar do mundo sem se preocupar em voltar.

Nunca imaginei que minha vida seria tão controlada depois que me tornei mãe, não posso dar um passo sem pensar em tudo o que será afetado, não posso simplesmente colocar os pés para cima e deixar tudo como esta, não posso acordar a hora que eu quiser num domingo e muito menos largar tudo para viajar sem destino.
Mas também nunca imaginei que seria acordada com um choro de fome, seguido de um sorriso lindo e sem maldade ou mau humor, que teria alguém que dependeria de mim para qualquer coisa e agradecer com olhos brilhando por cada cuidado vivido. Ou que teria alguém que eu teria vontade de vestir e brincar igual uma boneca e que teria certeza que seria uma companheira para todas as horas. Alguém que ao me ver chorando simplesmente esboça um sorriso e mostra como o mundo pode parar a cada encontro de olhar.

Nunca imaginei que viveria o maior amor do mundo e que seria capaz de dar a vida por essa nova rotina. Por mais que eu não tenha tempo livre e tenha uma rotina estabelecida todos os dias, nada como experimentar as maiores alegrias nas menores coisas da vida. Perdi aquela vida sob meu controle, não ando maquiada, salto alto me dá medo, sair sem ter hora pra voltar nem pensar, cuidar primeiro de mim esta fora de questão, mas nada como sentir este cansaço e ao mesmo tempo sentir que esta viva, se surpreender a cada dia com cada gesto, viver no meio da bagunça ou do barulho e não se importar de participar disso.

Minha vida antes de ser mãe era previsível e organizada, agora ela é cheia de surpresas e com rotinas diferenciadas. Sinto que aquela vida que não volta mais era só um preparo para o que eu estou vivendo agora. Estou vivendo a melhor fase, aquela onde emoções e surpresas são constantes tanto quanto cansaço e desespero. Mas nada melhor do que ser acordada por um pequeno ser que sabe declarar todo o seu amor e gratidão através do sorriso e do olhar.


Imagem retirada do Google

Nenhum comentário:

Postar um comentário