terça-feira, 16 de agosto de 2016

Bebês e Televisão. Pode?

O fato do bebê assistir a televisão pode ou não ser prejudicial a sua saúde, tudo depende do tempo, do que a criança assiste e com qual frequência ela passa vendo vídeos e programas televisivos. 
Muitos pediatras se opõe a essa opção de entretenimento da criança, preferem que os pais leiam livros ou coloque músicas para eles. Porém não é algo tão absurdo assim, colocar o bebê dentro da rotina da família, inclusive ao ver TV não há grandes problemas. 

Imagem: http://estilo.uol.com.br/

Mesmo assim o recomendado é que ninguém, seja adulto ou criança, passe tantas horas com equipamentos eletrônicos. Nos bebês é um pouco mais intenso, porque ele precisa de muito estímulo como movimento, cor e luzes para poder desenvolver melhor sua audição e visão e a TV não dá todo o estímulo que ele precisa para se desenvolver plenamente.

As crianças ficam fixadas a tela da TV porque gera brilhos intensos e emites sons e a partir dos dois meses de idade o bebê já começa a fixar o olhar e para isso vai encarar tudo o que for colocado diante de seus olhos. 
Não é ruim deixar a criança vendo um vídeo ou ate mesmo um desenho na TV nos momentos em que você precise fazer algo e não tenha mais ninguém que possa te ajudar a entretê-lo. Isso é uma arte que pode ser usada na sua rotina para te ajudar, como tomar um banho, lavar uma louça ou outro tipo de coisa. Nada como deixar a criança quietinha para que possamos fazer nossas tarefas não é? Bendita T-E-L-E-V-I-S-Ã-O.
Mas o quanto mais você puder deixar o seu bebê longe das telas, brincando e descobrindo o mundo lá fora é melhor. Já foi comprovado que ficar na frente da TV não deixa ninguém mais inteligente ou que desenvolva capacidades especiais. Deixar a criança se entreter brincando, interagindo com outras pessoas ajuda no desenvolvimento do cérebro e de outros sentidos dela. 

O problema disso tudo é o receio que se pode ter a uma exposição exagerada a TV e o desenvolvimento da criança ser afetado por não ter outros estímulos, além da visão e audição. Além de que pode desenvolver um sedentarismo infantil. Por isso que levar a criança para brincar, corre, pular e explorar o mundo é extremamente importante. 
Muito pediatras dizem que até os dois anos o bebê não deve ter acesso a televisão por prejudicar o desenvolvimento físico e mental e que só devem ser liberados a partir dos dois anos e duas horas diárias. E ai mamães e papais, vocês concordam com isso?

Eu sou a favor das crianças terem acesso as tecnologias, até porque o mundo esta mudando cada vez mais e ficamos reféns disso, mas é claro que cada coisa no seu tempo e o bebê irá aprender a lidar com isso no seu tempo também. Acredito que o ponto chave é o equilíbrio. 
Vamos admitir que esses recursos dão um super suporte na hora que estamos sufocadas com algo da nossa rotina, não é mesmo?


Nenhum comentário:

Postar um comentário