segunda-feira, 24 de abril de 2017

O 1º Natal e Ano Novo da Nicole


Gente, como o tempo passa rápido e nós nem percebemos, não é? Percebi que neste último ano que passou, minha vida deu uma super acelerada e quando pisquei me vi no Natal e no Ano Novo com um bebê prestes a completar um ano em meus braços. #chocada

Eu sempre gostei muito dessas datas comemorativas do final do ano e mais do que isso, sempre achei muito importante o significado delas perante nossa família. A minha intenção era passar esse espírito familiar e natalino todinho para Nicole e ver no futuro ela gostando de comemorar tanto quanto eu. Minha família é muito grande, daquelas que você não pode deixar ninguém para trás porque se não fica chateado. Principalmente no Natal, sempre costumamos a nos unir na casa da vó e ficar que nem Big Brother (onde você se arruma toda e fica sentada no sofá), mas é claro que toda família tem os seus dilemas e a minha não podia ser diferente, este ano eu queria que fosse especial, primeiro ano da minha pequena e não queria deixar passar em qualquer lugar. Eu consegui convencer o meu marido de fazer o Natal em casa e reunir toda a nossa família (deixando claro, sempre foi meu sonho fazer natal na minha casa e reunir os dois lados da família), mas por destino ou por dilemas de família o Natal foi em nossa casa, mas precisamente no salão de festas e só foi o meu lado da família.

Foi bem divertido, cada um levou um prato. Isso contribuiu para que ninguém ficasse na cozinha e pudesse curtir mais esse dia. Eu enfeitei o Natal com a minha mini árvore e luzinhas e juntos ceiamos a meia noite. Abrimos os presentes logo depois da ceia e foi muito bom ver a carinha de todos com os devidos presentinhos, a Nicole ficou alucinada com o Natal. Ela adora luzes e ver luzes e enfeites para todos os lados deixava ela toda alegre, lindo de ver!

Minha filha é muito farrenta e adora uma folia, papai e eu resolvemos dar a ela uma toca em formato de piscina de bolinhas. Pensa onde enfiamos isso em casa? Mas o melhor foi a cara dela quando montamos, diversão garantida!

Esta ai um super presente para a garotada, uma piscina de bolinhas resolve os seus problemas e garantem algumas horinhas de diversão e descanso para nós, mamães.

O Ano Novo nós não viajamos, até porque seria bem cruel encarar horas de estrada com um bebê pequeno, tive amigos que encararam mais de 14 horas para ir à praia, um percurso que leva no máximo 2 horas. Loucura demais, não?

Dessa vez eu e o #maridón revezamos e foi a vez de passar com a família do lado dele, fomos para a casa de um dos primos e curtimos uma ceia no salão de festas, bem no estilo do Natal. Confesso que esperei a noite toda e segurei a Nicole ao máximo para ver os fogos, é tradição na minha família ao dar meia noite, irmos correndo para a sacada, varanda, janela ou qualquer local aberto para ver os fogos e depois que acabar nos cumprimentarmos. Foi o primeiro ano que isso foi totalmente diferente de mim e a tradição que eu queria continuar... a família do #maridón não liga muito para os fogos,  brindar e desejar paz a todos vem em primeiro lugar. Confesso que entrei em #depressão porque perdemos toda aquela beleza dos fogos e o que eu esperei a noite toda para mostrar a Nicole, não aconteceu (#rezandopra2017/2018). Tudo bem, meus dias de depressão terminaram logo, mas fiz meu marido prometer que em 2017 seria diferente. Mesmo assim curtimos umas músicas e uma ceia gostosa, tudo acabou bem cedo e sem sombra de dúvidas a bonequinha dormiu a caminho de casa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário